Jornal 2

Presidente do Senado se envolveu em adultério com direito a áudio comprometedor e chantagem, diz colunista

Por Redação em 14/06/2020 às 20:04:57

O colunista Léo Dias deixou o presidente no senado numa saia justa danada após a publicação de matéria nesta sábado. Segundo o colunista, o presidente do Senado David Alcolumbre, quando ainda era deputado federal, caiu em uma gravação comprometedora por conta de um amigo desembargador eleitoral. O magistrado tinha uma amante e quem fazia, gentilmente, o favor de depositar uma mesada a ela era o então deputado.

Segundo o colunista, Bruno, o marido traído, instalou um gravador e conseguiu provas que vão muito além de uma simples traição. Contudo, quando eleito senador, Alcolumbre foi vítima de chantagens do "corno" (nas palavras de Leo Dias), que ameaçava expor o áudio.

Ainda segundo o jornalista Alcolumbre teria pago R$ 500 mil pelo silêncio.

"O interessante é saber pq o Alcolumbre paga a amante do desembargador", questionou Leo Dias em rede social. "To adorando causar em Brasília, Rio tá monótonos", completou Leo Dias.

Para acessar a coluna de Léo Dias no Metropolis é só clicar aqui: https://www.metropoles.com/colunas-blogs/leo-dias/bastidores-do-senado-federal-tem-adulterio-audio-comprometedor-e-chantagem

Fonte: Blog Do BG

Comunicar erro
ANUNCIE
ANUNCIOU VENDEU 2

Comentários

ANUNCIE