Casal é preso em Monte Sião após tentar aplicar estelionato em comerciante

Por Redação em 04/07/2020 às 12:00:59

Na tarde desta sexta-feira 03/07, a Polícia Militar de Monte Sião, conseguiu prender em flagrante um casal que estava na cidade e retirava nas lojas do município, mercadorias de compras realizadas de forma online onde em uma destas comprar, os cartões usados foram bloqueados em seguida.

Os militares foram informados por uma comerciante na parte da manhã, que ela teria efetuado uma venda via internet através de cartões de crédito e que o comprador solicitou que utilizasse três cartões para efetuar o pagamento das malhas. A possível estelionatária disse que enviaria uma pessoa de extrema confiança para retirar a mercadoria.

Ainda durante a manhã, a comerciante foi contatada por uma juíza de direito no Estado do Paraná e que afirmou que teria recebido mensagens em seu celular, dando conta de que compras online teriam sido efetuadas na loja e que não reconhecia as compras e certamente estava sendo vítima de clonagem de seus cartões de crédito.

A comerciante então acionou a Polícia Militar, pois o rapaz enviado pela golpista iria retirar a mercadoria no período da tarde.

Por volta das 15h30, chegou em sua loja um casal em um veículo HB20 Sedan e os militares foram informados, cercando o veículo que já deixava o bairro e os encaminharam até o Quartel Policial.

A juíza em contato com os militares por telefone, informou que as compras realizadas em seu cartão foi de R$ 4.120,00 (quatro mil cento e vinte reais).

Os militares localizaram dentro do veículo, mais fardos com grande quantidade de mercadorias em trico de outra loja da cidade e contatou o proprietário que se dirigiu ao quartel policial e disse ter realizado a venda online e que não teria ainda recebido informações que a venda tinha sido cancelada pela operadora.

A mulher detida, uma cabeleireira de 37 anos, disse aos militares que por estar com o salão fechado, estava acompanhando seu marido no transporte de mercadorias em várias regiões. O seu esposo de 38 anos e motorista de aplicativo, disse que prestava serviço apenas para uma pessoa de prenome Sabrina e teria pago para que buscasse a mercadoria na cidade.

Os autores, segundo a Polícia Militar, no momento da abordagem, demonstraram certo nervosismo e a Polícia Militar localizou em poder deles cartões de créditos, moedas, máquina de cartão, notas de mercadorias e aparelhos celulares.


Após todo o trâmite policial, o flagrante teria que ser apresentado em Pouso Alegre e a solicitante não quis acompanhar os militares e permitir assim que o casal respondesse pelo crime cometido contra ela e que só não foi pior, devido a ligação da vítima do cartão para ela e a atuação da Polícia Militar.

Com isso e sem a declaração da solicitante nos autos do inquérito policial, só restou à Delegada de Polícia ter que soltar os principais suspeitos e todo o serviço da Polícia Militar foi por água a baixo.

Foram apreendidos no momento da ação:

02 pessoas com idades de 37 e 38 anos

01 veículo HB20 Sedan

02 aparelhos celulares

01 máquina de Cartão do Mercado Pago

01 agenda contendo diversas informações

R$ 203,05 em moeda corrente

20 peças da Marca Toiss

39 peças da marca Catbalou

15 peças da marca Hot Sport

21 peças da marca Vitrine Única

02 peças de roupa da marca Palloma Confecções

250 peças de trico embaladas em saco de tecido

04 peças dde roupa da marca Bee Loop

01 vestido vermelho da marca Tom Age

05 peças de vestuário com etique Nova Sensação Tricot

03 peças de roupas da marca Marília Cadan

01 peça de roupa com etique Berenice Scarpioni

01 peça de roupa com etiqueta 3G Malhas

02 peças de vestuário com etiqueta Framboesa Tricot

07 peças de vestuário com etiqueta DM Malharia Duercio de Morais

01 peça de vestuário com etiqueta Luciana A.P. Canela

03 peças de vestuário com etiqueta Metal Carbono

01 blusa de frio com etiqueta com a Pellini

18 cartões de diversas de cretdito e debito

07 notas fiscas de empresas diversas

Fonte: Portal Tonogiro

ANUNCIE
ANUNCIOU VENDEU 2

Comentários

ANUNCIE