Candidatos a prefeito de Poços de Caldas nas eleições 2020: veja quem são

Por Rodrigo Matarazzo em 07/09/2020 às 16:17:23
Partidos têm até 16 de setembro para definir os representantes e mais 10 dias para registro das candidaturas. Veja quais partidos já oficializaram candidaturas à Prefeitura de Poços de Caldas (MG) nas eleições de 2020. As legendas devem realizar convenções até 16 de setembro, para então registrar as chapas. O prazo para registro é 26 de setembro. A lista dos políticos foi organizada em ordem alfabética.

João Alexandre (Solidariedade)

Solidariedade oficializa João Alexandre como candidato a prefeito em Poços de Caldas

Lara Silva / G1

O Solidariedade oficializou no dia 5 de setembro a candidatura de João Alexandre à Prefeitura de Poços de Caldas. A escolha foi feita por unanimidade pelo diretório municipal do partido. Ele terá como vice na chapa o comerciante Yoshinori Kamei, de 62 anos, também do Solidariedade.

João Alexandre tem 37 anos e é professor há 15 anos nas redes pública e privada em Poços de Caldas. Ele tem mestrado em políticas públicas e foi finalista do prêmio nacional agente de cultura em 2012. Foi secretário de cultura em Poços de Caldas e também no município de Machado.

Yula Merola (Cidadania)

Cidadania oficializa candidatura de Yula Merola à Prefeitura de Poços de Caldas

Arquivo / Cidadania

O Cidadania oficializou no dia 6 de setembro a candidatura de Yula Merola à Prefeitura de Poços de Caldas (MG). A escolha foi feita por unanimidade em convenção virtual realizada pelo partido. Esta é a primeira vez que ela disputa um cargo público. O escolhido a vice na chapa é o empreendedor da área social, Lucas Della Testa.

Yula Merola, de 48 anos, é funcionária pública e professora universitária. Ela é formada em Farmácia Bioquímica pela Unesp (Universidade Estadual Paulista) e doutora em Ciências pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Fez aperfeiçoamento em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School e possui MBA em Gestão Ambiental. Atualmente, cursa pós-graduação em Liderança e Gestão Pública pelo CLP (Centro de Liderança Pública).

Calendário das eleições 2020

Confira abaixo as datas do calendário eleitoral deste ano:

a partir de 11 de agosto: emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário;

31 de agosto a 16 de setembro: período destinado às convenções partidárias e à definição sobre coligações;

26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;

a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;

após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;

27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;

15 de novembro: primeiro turno da eleição;

29 de novembro: segundo turno da eleição;

até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;

até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas

Fonte: G1

ANUNCIE
ANUNCIOU VENDEU 2

Comentários

ANUNCIE