Portal de Notícias Administrável desenvolvido por Hotfix

Coronavírus

Pessoas com deficiência institucionalizadas começam a ser vacinadas no DF


Pessoas com deficiência que vivem em unidades de acolhimento do Distrito Federal começaram a ser vacinadas, nesta quarta-feira (20). Foram imunizados 48 moradores da Associação dos Excepcionais de Ceilândia e os 62 cuidadores que atuam na instituição. De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, a expectativa é vacinar, até 29 de janeiro, todos os 485 acolhidos e cuidadores das instituições de longa permanência da capital.

Cinco profissionais da Unidade Básica de Saúde 2 de Ceilândia aplicaram as vacinas. A associação funciona desde 1973 e abriga pessoas com deficiência que possuem alguma comorbidade, com idades entre 25 e 73 anos. Eles estão, desde o mês de março, sem receber visitas por conta da pandemia e só falam com os parentes por meio de videochamadas. Também foram vacinados os abrigados da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Taguatinga e Ceilândia.

Idosos

A vacinação em idosos institucionalizados também começou no DF. Com objetivo de imunizar 28 unidades de acolhimento, foram imunizadas ontem (19/1), 122 pessoas que residem no Lar dos Velhinhos Maria Madalena, no Núcleo Bandeirante, e 91 cuidadores da unidade.

Também foram receberam a primeira dose da CoronaVac 34 idosos da Casa do Vovô, na Asa Norte. A previsão da Secretaria de Saúde é encerrar a primeira semana de vacinação, nesta sexta-feira (22/1), com 80% desse grupo vacinado.

UOL

Coronavírus

Assine o Portal!

Receba as principais notícias em primeira mão assim que elas forem postadas!

Assinar Grátis!

Assine o Portal!

Receba as principais notícias em primeira mão assim que elas forem postadas!

Assinar Grátis!