Depoimento: Eu estou vencendo o Câncer!

"Esse troço vai acabar me matando. "Vai não", eu pensei, "eu é que vou matar esse câncer de raiva".

Por Pacientes em 11/08/2019 às 21:14:01
  • Carlos Alberto da Fonseca Rodovalho - Câncer Colorretal
    Esse troço vai acabar me matando. "Vai nĂŁo", eu pensei, "eu é que vou matar esse câncer de raiva".
Tem como ser feliz com cinco cânceres? Claro que tem! Pois eu sou e agradeço a Deus esses cânceres que tenho.

Em 2012, descobri em exame de rotina na cidade de Uberaba, com uma proctologista linda e maravilhosa, pois é melhor fazer o exame de toque com mulher e nĂŁo com um homem, que estava com câncer colorretal.
Depois de muitos exames, daquelas fases que todo doente de câncer passa como a negação, não acreditar que está com câncer; depois a fase da aceitação ou a depressão; e a do tratamento, comecei o tratamento no espetáculo do Hospital de Câncer de Barretos, onde fiz inicialmente 30 sessões de quimioterapia e 28 de radioterapia, em que tudo caiu, menos meu cabelo.
Posteriormente, fiz uma cirurgia que por outros problemas tive que abrir todo meu abdome. Levei 30 pontos e fiquei de forma definitiva ostomizado. Pensei: o que é isso meu Deus do céu? Fique usando aquela bolsinha em que um pedacinho do nosso intestino fica para fora e fazemos nossas necessidade dentro dessa bolsinha. Isso é um "saco", mas tudo bem.

Depois da cirurgia fiz mais 30 sessões de quimioterapia. Passados dois anos, descobriram duas metástases, uma no fĂ­gado outra no mediastino. Caramba! Esse troço vai acabar me matando. "Vai nĂŁo", eu pensei, "eu é que vou matar esse câncer de raiva".
Sempre compro umas picanhas com dois dedos de gordura e tomo com cerveja, que a fábrica é aqui na minha cidade, e dou um baita susto nesses tumores. Mas, com a descoberta desses dois tumores fiz mais 18 sessões de quimioterapia e operei de novo, mais 42 pontos na barriga, ficou parecendo uma linha de trem de ferro, comprida e cheia de pontos transversais, estava até bonito.
O do fígado sumiu e o do tal mediastino está aqui, dependurado na veia cava, nem sei direito onde fica isso (rs). Para tentar sumir com esse do mediastino fiz mais doze sessões de quimioterapia.
Já foram 91 quimioterapias, 28 radioterapias e três cirurgias, pois fiz uma para colocar um tal de port-a-cath no peito para as aplicações da quimio sem precisar furar as veias.
Já tomei tanta quimioterapia que já estou ficando viciado (rs).
Pensa que acabou? Há 30 dias mais duas metástases, de novo no fígado e agora no pulmão, são três agora: pulmão, fígado e mediastino. Haja picanha com cerveja para matar eles de susto.

Estou em fase de exames, PET Scan para ver o que fazer. Até lá... picanha e cerveja, já faz cinco anos essa labuta.
Terminei agora um livro a respeito do assunto, será editado em breve e chamará: "Um jeito engraçado de você ter um câncer".
Tchau e obrigado!

Fonte: http://www.oncoguia.org.br

ANUNCIE
ANUNCIOU VENDEU 2

Comentários

ANUNCIE